The Lair of Seth-Hades: Maio 2011
Arte: Meats Meier - http://beinart.org/artists/meats-meier/gallery/meats-meier-2.jpg
Presente do amigo Zorbba Baependi Igreja - artista plástico, poeta e um dos idealizadores da Revista Trimera de Letras e do Projeto Academia Onírica [poesia tarja preta].

LIRA ANTIGA BARDO TRISTE & LIRA NOVA BARDO TARDO

Galera, estou pondo uma conta PagSeguro à disposição, para quem [assumindo o risco por sua própria alma] tenha interesse em adquirir um de meus livros [Lira Antiga Bardo Triste ou Lira Nova Bardo Tardo]. O custo de cada exemplar é de R$ 10,00 + R$ 5,00 de frete. Valeu! :D

P.S.: a PagSeguro não fornece um sistema de cadastro de vários produtos, de modo que, quem efetue a compra, deve me enviar um e-mail [iarcovich@hotmail.com], ou mesmo me deixar 'comment' aqui mesmo num dos 'posts', dizendo qual exemplar deseja receber. Por hora, a forma de pagamento disponível é apenas a de boleto bancário. Amanhã já liberam pra cartão. ;)

Pag Seguro - compra dos livros

Carrinho de Compras

terça-feira, 10 de maio de 2011

CURTO OS CURTOS

SABOR.É.AR

Sedenta língua
Na tua, mingua,
Que sede tinha
Se ti me vinha
E antes te fosse
Eu vinho doce

Francisco de Sousa Vieira Filho
-------------------------------

DOIS VOANDO

                               A Paulo Leminsk

Ah, mar elo
Quer mar ave ilhar...
Mas elo se dá só se dando

Francisco de Sousa Vieira Filho
-------------------------------

DE.’RAP’.ENTE

Impera.a.dor diz.com.o.fio
Da navalha na garganta
Seja a flor que vaga em rio
Que te valha, como manta
Mina.a.dor que ao arrepio,
Por migalha seja, e tanta
Te proteja um cada pio
A verdade que te encanta
No furor de um quase cio
A-mor-talha como santa
Seu labor, um balbucio
Que te calha e se levanta
E um calor de todo frio
Te orvalha e desde a planta

Francisco de Sousa Vieira Filho
-------------------------------

POETAS

Se os poetas trabalham?!
Uns lidam com palavras
Outros, consentimentos

Francisco de Sousa Vieira Filho
-------------------------------

CIGANA

Ela lê gumes
Línguas e coisas
Inda mais afiadas

Francisco de Sousa Vieira Filho
-------------------------------

DIZ.SOM.ANTE

No mundo louco de hoje em dia,
Síndrome de Tom.é sabedoria...

Francisco de Sousa Vieira Filho
-------------------------------

DESENHO: Florian Nicole

quarta-feira, 4 de maio de 2011

CURTOS [CIRCUITOS]


SE SOIS SÓIS
SEI-OS BEM

No horizonte dos lábios
É que se põe o sol dos seios

Francisco de Sousa Vieira Filho
-----------------------------

DESTINADA

Já bem próximo ao fim,
É que descubro,
Rubro, como o sol,
Tu não me deste.nada
Estavas...
E, logo, já não

Francisco de Sousa Vieira Filho
-----------------------------

CAMUFLAGEM

Ré.ti.sente
No disfarce,
E todavia,
Diz.farsa.a.tez
Toda a vez
Que te via
Em rota
De colisão

Francisco de Sousa Vieira Filho
-----------------------------

Ó, CULTA...

Mas se, à noite, és.tática
No momento, preciso
A necessidade é prática

Francisco de Sousa Vieira Filho
-----------------------------

MULHER

Da luz da criação, é a face
Mulher, flanco exposto ao mundo
E um coração batendo
É abundância remoendo
Porque dor no doar
E é sorrindo,
A despeito de tudo

Francisco de Sousa Vieira Filho
-----------------------------

SÓLIDO

Ao.ter.idade
Pára tanto
Que ao tê-la
Já não queria
Senão um querer
Outro
Solitária paragem
De um dia

Francisco de Sousa Vieira Filho
-----------------------------

CásAIS

Por que o “eu te conheci assim”
Só é válido pra você
E não vale pra mim?!

Francisco de Sousa Vieira Filho
-----------------------------

FOTO: www.zupi.com